Uni-Logo
Sektionen
Sie sind hier: Startseite Forschung abstracts Pokorny B. and Adams M. 2003: Compatibilidade de conjuntos de critérios e indicadores para avaliar a sustentabilidade do manejo florestal na Amazônia Brasileira.
Artikelaktionen

Pokorny B. and Adams M. 2003: Compatibilidade de conjuntos de critérios e indicadores para avaliar a sustentabilidade do manejo florestal na Amazônia Brasileira.

CIFOR: Bogor. 135p.

 

Criteria and indicators (C&I) are tools to define, communicate and evaluate the sustainability of forest management. Since the Rio summit in 1992, numerous initiatives developed a various C&I sets as multifunctional tools to be applied for monitoring, auditing, science and decisions makers. The existing diversity of C&I sets is a cause for uncertainty and confusion, and thereby diminishes the acceptance and efficiency of the tool. With the initial aim to better understand this diversity, this study compared the content and the quality of five C&I sets relevant for the Brazilian Amazon (CIFOR, MCA, FSC, ITTO e Tarapoto). In addtion some principle actors of forest management in the region were interviewed. The study revealed differnt thematic foci of the analysed C&I sets. There was also detected signficant deficiencies in relation to validity, specificity and practicability of the indicatores. Most of the C&I sets only present a list for collecting information, but not the norms to interpret the collected data. In order to increase objectivity and transparency of C&I based assessment it is necessary to develop less complex and more practicable C&I sets. C&I must reflect more clearly and unambiguously what is actually assessed by defining verifiers and practicable methods for  their assessment. It is important to provide more adequate tools and intensive training to people dealing with the development of C&I.

Critérios e indicadores (C&I) são ferramentas para definir, comunicar e avaliar a sustentabilidade do manejo florestal. Desde a ECO 92 no Rio, várias iniciativas geraram uma grande variedade de conjuntos de C&I para aplicação como ferramenta multifuncional no monitoramento, auditoria, ciência e tomada de decisão. Esta diversidade causou uma certa confusão entre os usuários potenciais, diminuindo a aceitação e eficiência da ferramenta. A fim de entender melhor esta diversidade, este estudo comparou o conteúdo e a qualidade de cinco conjuntos de C&I relevantes para a Amazônia Brasileira (CIFOR, MCA, FSC, ITTO e Tarapoto). Também foram realizadas entrevistas com os principais atores do manejo florestal na Amazônia. O estudo revelou diferentes enfoques temáticos dos conjuntos analisados. Também foram detectadas deficiências significativas em relação à validade, especificidade e praticidade dos indicadores, que diminuem a sua viabilidade. Como conseqüência, a maior parte dos conjuntos apresenta somente os roteiros para coletar informações, mas não as normas para avaliá-las. Para garantir objetividade e transparência da avaliação do manejo florestal em base de C&I, é necessário investir mais atenção na definição de verificadores e em métodos praticáveis para avaliá-los. É necessário desenvolver conjuntos de C&I menos complexos e mais praticáveis. Parece então ser importante dispor de instrumentos que apóiem os atores na tentativa de desenvolver C&I de boa qualidade.

 

Benutzerspezifische Werkzeuge